Você sabe se está impulsionando o seu post da forma correta?

Atualizado: 2 de Jan de 2019


Resolvi separar alguns minutinhos e fugir da correria aqui da agência para falar desse assunto super importante e atual com vocês.

É incrível, todos os dias recebemos clientes e pessoas que falam a mesma coisa: "Eu impulsionei meu post mas não tive nenhum resultado" ou "Eu queria gerar cliques pro meu site mas tive apenas comentários".

Se você também já passou por isso, pode ser que esteja impulsionando seu post da maneira errada.

A chave para um bom retorno dos seus post's, talvez seja entender a diferença entre dois termos: Impulsionamento X Criação de Anúncios. Esse é o primeiro passo para anunciar de forma correta tanto no Facebook como no Instagram.



Impulsionamento

No início, o Facebook disponibilizou na plataforma a opção dos usuários patrocinarem uma publicação direto pelo feed de notícias, mas com o crescimento da rede algumas métricas foram alteradas juntamente com o termo, que de "patrocinar" passou a ser "impulsionar". A opção de impulsionar uma publicação aparece logo abaixo do post e também pode aparecer sempre como uma sugestão do Facebook, avisando que com X de verba você conseguirá atingir um público maior.


E isso é verdade, ao impulsionar seu post, você faz com que ele chegue para um número bem grande de pessoas, porém é só isso mesmo; ao fazer isso, você estará jogando seu dinheiro fora, ou melhor, dará de presente para o tio Zuckerberg.

Essa forma de impulsionamento é muito limitada, você não consegue fazer a escolha exata de objetivos e também não consegue realizar a segmentação do público de uma forma mais específica.


Você tem basicamente 4 opções:

  1. Pessoas que curtiram sua página;

  2. Pessoas que curtiram sua página e os amigos delas;

  3. Um público semelhante;

  4. Editar o direcionamento escolhendo alguns interesses.

É por isso que os resultados desse tipo de impulsionamento não são muito eficazes, pois você poderá mostrar seu anúncio para as pessoas erradas, já que as opções de segmentação são poucas.


Todo usuário ativo do Facebook em algum momento já foi atingido por um post nada a ver com seu perfil, eu por exemplo, na semana passada fui atingida por um anúncio de curso de especialização em odontologia, e meu perfil não tem absolutamente nada relacionado a esse tipo de conteúdo.


Isso quer dizer que a pessoa que impulsionou não soube ou não conseguiu segmentar bem seu público e está gastando dinheiro à toa.

Apesar de todos esses pontos negativos, recomendamos esse tipo de promoção somente para pessoas que estão começando agora a se promoverem no Facebook, porque isso é melhor do que deixar seus post's da forma orgânica, pois como já sabemos, com as métricas atuais do Facebook você consegue atingir em média apenas 5% de todos os curtidores da sua fanpage.


O impulsionamento é simples, prático e rápido, então, se você não tem muito conhecimento no assunto ou tempo para criar e analisar os resultados, ele acaba sendo uma mão na roda. Porém, o ideal é que você patrocine seu post da forma correta, escolhendo bem seus objetivos, segmentação, posicionamento e verba! Mas como se faz isso? Através da criação de anúncios.


Criação de Anúncios

A criação de anúncios é feita através do Gerenciador de Anúncios 💣.

Para quem vai criar pelo celular, basta clicar nos 3 risquinhos do lado superior direito e ir em "Gerenciador de Anúncios".

É aqui que você poderá achar sua galinha dos ovos de ouro, pois no gerenciador você consegue não só fazer a criação de um anúncio altamente otimizado, mas também consegue analisar o seu retorno sob o investimento, o famoso ROI.











Vou fazer uma listinha dos principais benefícios de se usar o gerenciador.

  • Possibilidade de criar testes A/B;

  • Possibilidade de escolher entre 11 objetivos diferentes de campanhas;

  • Possibilidade de segmentar um público bem específico;

  • Criar DarkPost (posts que não aparecem na timeline);

  • Escolher entre as mais de 100 métricas para analisar os resultados dos anúncios;

  • Criar anúncios com posicionamentos diferentes (messenger, story, feed, marketplace...)


Agora retornando à questão principal do blog:

Você sabe se está impulsionando seu post da forma correta?


Nesse conteúdo eu te mostrei apenas um dos fatores que pode levar você a criar anúncios de forma errada e não ter o resultado esperado, então fique atento se você usa a opção de impulsionar publicação. Eu recomendo que você comece a usar o gerenciador de anúncios e medir se acontece uma melhora nos resultados. Se você precisar de ajuda com isso, o Facebook liberou uma parte no gerenciador que chama "Testar e Aprender" (aqui é possível você aprender a mexer um pouco mais nessa plataforma incrível).

Espero de verdade que esse conteúdo tenha sido útil para você e que a partir de agora você possa começar a buscar e colher resultados melhores!

Se tiver alguma dúvida pode deixar nos comentários ou entre em contato e poderemos analisar suas campanhas e diagnosticar melhorias.


Abraços!


Por: Beatriz Cassão, Analista de Marketing Digital da Garden Marketing Digital, é especialista em desenvolvimento e gestão de anúncios patrocinados. Em 2019 prossegue para o sétimo semestre do Curso de Graduação em Publicidade e Propaganda na UNAERP, teve trabalhos premiados e reconhecidos por instituições como APP de Ribeirão Preto. E já ministrou aula de Mídias Sociais na Immaginare: Escola de Criação e Design.

RECEBA NOSSAS NOVIDADES!

SOBRE

A GARDEN

AS

REDES SOCIAIS

CNPJ: 21.511.052/0001-00

R. Mal. Rondon, 160 | Sala 02 e 04

Jardim Sumare

CEP: 14025-430
Ribeirão Preto, SP

© Copyright 2013 - 2020 | Garden Marketing Digital. Todos os direitos reservados.